Maestro e Diretor Artístico

PAULO MARTINS

Teve como primeiro instrumento o saxofone, concluíndo o curso complementar no Conservatório de Música do Porto com o professor Francisco Ferreira.

Prosseguiu os seus estudos em fagote com o professor Hugues Kesteman, ingressando posteriormente na Escola Superior de Música e das Artes do Espectáculo (ESMAE), onde obteve a licenciatura em instrumentista (fagote), no ano letivo 2000/2001.

Em 2001 continuou os seus estudos de fagote na Alemanha onde concluiu, em 2004, o curso de solista e o mestrado em performance na classe do Prof. Gunter Pfitzenmaier, na “Hochschule für Musik Karlsruhe” (Alemanha).

Foi premiado em diversos concursos, nomeadamente “Juventude Musical Portuguesa”, “Jovens talentos dos CTT”, “Concurso do Conservatório de Música do Porto”, e “Concurso de Jovens dos Distritos de Coimbra e Aveiro”.

Estudou direção de orquestra com o maestro Osvaldo Ferreira, Ernest Schelle, Eugene Corporon e Jorma Panula.

Em 2007, obteve o mestrado em direção com o conceituado maestro Jan Cober no Conservatório de Maastricht (Holanda).

Teve a oportunidade de dirigir algumas orquestras tais como: Orquestra do Salão Jardim Passos Manuel do Coliseu do Porto, Orquestra Raízes Ibéricas, Banda Sinfónica de Alaquas (Valência), Banda Municipal de Ponte Vedra, Banda Municipal da Corunha, Banda da Guarda Nacional Republicana de Lisboa (GNR), entre outras.

Integrou o júri do concurso “Prémio Jovens Músicos” da RDP, do “ I Certame Nacional de Bandas de Música D’Almàssera” (Valência), do conceituado “Certamen Internacional de Bandas de Musica – Cidade de Valência”, e foi diretor artístico do “Concurso Nacional de Bandas Filarmónicas Cidade de Aveiro”.

É professor de fagote e orquestra no Conservatório de Música do Porto, diretor artístico da Orquestra e Banda Sinfónica de Jovens do Concelho de Santa Maria da Feira, da ARMAB – Associação Recreativa e Musical Amigos da Branca e da Academia Portuguesa de Banda.